Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Desafio: what makes me happy?

18198515_fPhmV.jpg

 

Está na hora de responder ao desafio do blogue: http://cronicasdeumcafemaltirado.blogs.sapo.pt/desafio-what-makes-me-happy-20497

32 “coisas” que me fazem feliz? Tanta coisa no meio de tantas…

Eis algumas das ditas:

  1. Abraçar o meu filho;
  2. Mimar os meus netos (muito);
  3. O sorriso da minha neta (de dois meses);
  4. Amar e ouvir: “amo-te muito!”;
  5. Ter a família perto de mim (sempre que preciso);
  6. Ver um filme acompanhada;
  7. Um mimo dos meus alunos;
  8. Cozinhar, reinventando receitas;
  9. Caminhar no meio do campo;
  10. Olhar o mar numa praia deserta;
  11. Apreciar o silêncio da noite, ao luar;
  12. Sonhar acordada;
  13. Ler um livro antes de dormir;
  14. Estar numa esplanada, ao sábado, sossegada, a ler o jornal;
  15. Viajar, viajar, viajar muito;
  16. Estar com pessoas que me ensinem coisas novas (e interessantes);
  17. Aprender, aprender, aprender;
  18. Comprar algo novo (pelo menos uma vez por mês);
  19. Ir às compras sozinha;
  20. Conversar com pessoas idosas, ouvi-las e aprender com elas;
  21. O sorriso de uma criança;
  22. Apreciar a natureza enquanto caminho;
  23. Almoçar (ou jantar) a ver o mar;
  24. Abrir a janela pela manhã e ver o sol;
  25. Ir à varanda e ver o Grande Rio do Sul;
  26. Ver o pôr-do-sol (em qualquer sítio);
  27. Visitar aldeias com história;
  28. Dar uma aula, ficar cansada e no fim pensar: “Estiveste muito bem!”;
  29. Comer ostras em maio e junho (porque sabem melhor e estão mais “gordas”);
  30. Sentir o calor da lareira, dentro de casa, ao domingo, numa tarde de inverno;
  31. Escrevinhar no meu “caderninho de notas” e no meu blogue;
  32. E VOCÊS… os que me leem.

 

 Obrigada pelo desafio!