Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Tranquilidade a sul

Hoje a bica da tarde foi na esplanada do Café do Cais, no Pomarão. Dali pude disfrutar de uma paisagem única, num dos locais mais tranquilos e inspiradores que conheço neste concelho, Mértola.

 

 

 

No Pomarão, pequena aldeia localizada numa encosta da margem esquerda do rio Guadiana (na foz da ribeira de Chança), o casario (quase todo recuperado) apela ao descanso e à contemplação. A paz e a tranquilidade que aqui se respiram fazem sonhar!

Nas águas tranquilas do rio os veleiros, ancorados no cais, aguardam a viagem que os levará até outro cais no grande rio do sul ou, quiçá, a um porto do Mediterrâneo...

 

 

 

Todas as épocas do ano são propícias para visitar o Pomarão. Mas há algumas mais bonitas do que outras. Prefiro a primavera e o verão. Os dias solarengos e a temperatura mais convidativa torna tudo mais aprazível. Depois, para quem gosta de animação pode aproveitar o famoso “Festival do Peixe do Rio”, que todos os anos aqui se realiza (no final de março). Pessoalmente, prefiro o Pomarão num dia “normal”. E porque gosto de escutar o silêncio do rio, às vezes fico mais tempo e aproveito as delícias gastronómicas da Dª Noémia. No seu novo restaurante as “migas de espargos” com “secretos de porco preto”(entre outras delícias, tais como lampreia, sável frito e ovas de saboga) fazem-me esquecer a preocupação com a linha…

Para quem gosta de uma “escapadinha para almoço” (de domingo por exemplo) num ambiente pacato, intimista e tranquilo. Para apreciadores de coisas simples da vida e paisagens deslumbrantes.

 

Sugestão para fim de semana: aproveitar e visitar a vila museu e pernoitar numa das várias ofertas de alojamento em turismo rural da região.

1 comentário

Comentar post