Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

O mar e a ribeira… (na praia da Amoreira)

Na praia da Amoreira, no concelho de Aljezur, a ribeira e o mar, de mãos dadas, convergem de acordo com a maré. Uma união perfeita! Um lugar paradisíaco, do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, onde se pode disfrutar de prazeres muito distintos: o mar e a ribeira.

 

 

De acordo com as marés o ambiente na ribeira muda substancialmente. Na baixa-mar é possível visualizar grandes lagunas no extenso areal, cuja água, de um tom “verde-esmeralda” e uma temperatura ótima, atrai qualquer pessoa, até a menos dada a mergulhos.

No enorme areal (da praia ou da ribeira) há lugar para as mais variadas diversões, sem atropelos nem constrangimentos de espaço. Há liberdade de movimentos e de usufruto em paz e sossego.

Para os amantes do surf este é um lugar ideal. Além das condições naturais (ótimas) para a prática da modalidade, a praia dispõe de uma escola de surf. Tem, também, um bom apoio de praia com um restaurante/bar onde serve variadas refeições.

 

 

E para quem cuja perícia ou gosto não tenha diretamente a ver com o surf poderá optar por um banho mais tranquilo na ribeira da Amoreira. Ao lado, as dunas, com mais ou menos vegetação, conferem ao local caraterísticas peculiares.

 

 

Para além da paisagem natural envolvente, o ambiente na praia da Amoreira, em geral, é calmo e relaxante. Um lugar a não perder na costa vicentina.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.