Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

O pequeno cavaleiro

Às vezes, a saudade faz visitas (in)esperadas, trazendo consigo recordações de pessoas e/ou momentos. Foi o que aconteceu, há dias, enquanto explorava os álbuns de fotografias do meu telemóvel. Ali estava o registo do pequeno cavaleiro, a aguardar a montada. Como o tempo passou, pensei. E num ápice o tempo recuou, e a memória reavivou momentos inesquecíveis, do verão de 2013. O Salvador tinha quatro meses, quando os passeios, do final da tarde, culminavam com a visita aos cavalos: ao colo, mas sempre de olho bem atento, o pequeno esbracejava e sorria feliz ao ver dar bolachas (ou alfarrobas) a um dos animais. Era uma alegria. O irmão (mais velho) divertia-se, igualmente, mas aquele rejubilar do olhar não tinha comparação. O tempo passou, e a paixão pelos animais foi crescendo com ele. Finalmente, no Natal passado, vestiu-se a rigor e montou a cavalo pela primeira vez. A felicidade estampada no seu rosto fez-me acreditar que muito daquilo que somos é aprendido, ensinado, estimulado, motivado. A prova disso: a paixão que o meu neto tem pelo mundo animal e por tudo aquilo que ao mesmo diz respeito. 

image.png

image.png

 

1 comentário

Comentar post