Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Escrita ao Luar

Um blog de “escrita” sensitiva e intimista sobre (quase) tudo... e com destaque para: viagens, ambientes inspiradores e gastronomia.

Voltar (à cidade)

Voltei. Por instantes deixei a cidade entrar: observei recantos, respirei aromas, revivi sabores, recordei sons.
Senti felicidade, senti nostalgia. Senti tristeza, senti alegria.
Lisboa é isto: um mosaico de sensações que me fazem vibrar a alma e agitar o pensamento.
Nada é igual, quando a sombra do passado teima em seguir o trilho do presente... e enquanto a melancolia esmaga a permanência no agora, o coração emudece de saudades.
Desfoco-me e mergulho num mar de diversidade: cores, sons, palavras soltas, olhares vazios no turbilhão das ruas. Uma multidão de rostos ausentes, uma impessoalidade que me atrai e repele.

image.png

 

 

1 comentário

Comentar post